Buscar Doenças:
Doenças da Pele » Melasma


O QUE É MELASMA? 

Melasma e uma condição da pele extremamente frequente, que acomete um grande unumero de mulheres, sendo pequena a incidência em homens (cerca de 2%). Ocorre o aparecimento de manchas escuras e irregulares na face, que se agravam após qualquer exposição solar. O aparecimento do melasma parece ter relação com os altos níveis de estrógeno, pois é comum surgir durante a gravidez e nas usuárias de contraceptivos orais. No entanto, o melasma também pode ser visto em homens e em mulheres não grávidas e que não estejam em uso de medicamentos, sendo as causas ainda desconhecidas. 


PRINCIPAIS SINAIS E SINTOMAS 

Geralmente, as manchas escuras ocorrem na face, emcima das sobrancelhas, nas bochechas, na testa, e ao redor da boca (lábio superior e região da mandíbula). Por razões ainda não completamente entendidas, os melanócitos (células que produzem pigmento) aumentam a produção de melanina nestas regiões, causando o aspecto mais escuro da pele. 


TRATAMENTO 

Ainda não há cura para o melasma. Além da fotoproteção, o uso de cremes contendo agentes clareadores pode ser utilizado para o tratamento do melasma. Entre as opções disponíveis no mercado, encontram-se agentes como a hidroquinona, que é o agente clareador mais potente e mais utilizado, e outras opções contendo combinações de agentes clareadores, como hidroquinona, ácido retinóico e corticosteróide, entre outras. Outras opções de tratamento incluem os cremes contendo ácido azeláico, outros agentes clareadores (como o ácido kólico) e procedimentos superficiais, como peelings leves seriados realizados no consultório dermatológico. O laser de érbium fracionado pode ser utilizado com bons resultados em pacientes com melasma. 


PREVENÇÃO 

O fator mais importante na prevenção e tratamento das pessoas com melasma é evitar a exposição solar. O uso diário de filtros solares de amplo espectro é fortemente recomendado. Também e importante proteger-se da luz visível, que está sabidamente associada à piora do melasma. Portanto, mesmo com filtro solar, o paciente deve evitar expor-se ao sol por curtos ou longos períodos, evitando o escurecimento das manchas.

Se você tem alguma dúvida sobre MELASMA ou sobre os tratamentos que são utilizados no seu controle, consulte um dermatologista.

  
  Doenças da Pele